sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

Jorge Serafim, o Contador de Estórias,

Pela segunda vez consecutiva, o Agrupamento de Escolas de São Brás de Alportel teve a oportunidade de ouvir Jorge Serafim a contar estórias, no âmbito do projeto Os Contos e os Livros (protocolo com a Direção Regional de Educação do Algarve).
Assim, no dia 21 de fevereiro de 2013, tiveram lugar três sessões de contos: a primeira decorreu na Escola Básica 2,3 Poeta Bernardo Passos, a segunda na EB1/JI (que recebeu para o efeito todos os meninos do campo) e a última na Secundária José Belchior Viegas.

Sessão na EB 2,3 Poeta Bernardo de Passos
No seu registo de sempre, umas vezes mais humorístico, outras vezes num tom mais sério, mas sempre em interação com o público, Jorge Serafim voltou a encantar todos os presentes e obrigou-nos a fazer alguma reflexão sobre os comportamentos sociais dos nossos tempos. Na sua bagagem trouxe contos tradicionais do mundo inteiro, que procuram educar para os valores e valorizar a tradição oral, e muitos livros contados para os ouvintes mais pequenos e que serviram de suporte para a mediação de leitura.

Sessão na EB1/JI
Foi um dia diferente e que soube a pouco…
Professora Ana Bela Conceição

quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Concurso Nacional de Leitura


Os alunos do 3º Ciclo da Escola Poeta Bernardo Passos e os alunos da Escola Secundária José Belchior Viegas participaram, no passado dia 9 de janeiro, na primeira eliminatória, correspondente à fase da escola, do Concurso Nacional de Leitura.

Este concurso, organizado pelo Plano Nacional de Leitura (PNL), em articulação com a Direcção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas (DGLAB) e com a Rede das Bibliotecas Escolares (RBE), realiza-se todos os anos e tem como intenção principal promover e estimular o treino da leitura e desenvolver competências de expressão escrita e oral, junto dos alunos do 3º Ciclo do Ensino Básico e do Ensino Secundário.

Organiza-se em três fases: a fase da escola, organizada pela biblioteca das escolas e na qual se seleciona os três melhores “leitores” de cada ciclo (3º Ciclo e Secundário); a fase regional, organizada por uma Biblioteca Municipal e na qual se selecionam os três melhores “leitores” da região (também por ciclo); e a fase nacional onde serão eleitos os três melhores do país. 
Os alunos participantes no nosso agrupamento tiveram que ler duas obras e prestar provas escritas sobre as mesmas. As obras escolhidas para o 3º Ciclo foram: O Guarda da Praia, de Maria Teresa Maia Gonzalez e o conto O Tesouro, de Eça de Queirós; as obras selecionadas para os alunos do ensino secundário foram: A Pérola, de John Steinbeck e o conto O Embondeiro que sonhava Pássaros, de Mia Couto.

Os vencedores desta primeira fase e representantes do 3º Ciclo na fase distrital foram: Teresa Pires (7ºA), Diogo Rodrigues e David Ferreira.
 

Os vencedores representantes do Ensino Secundário na fase distrital foram: Inês Gomes (10ºA), Inês Afonso (10ºB) e Ricardo Martins (10ºB).
 
 
Embora não tenham passado todos à fase distrital, estão todos de parabéns pela participação voluntária e entusiástica que demonstraram. Aos que passaram desejamos muita sorte para a fase distrital!

A organização da fase distrital está, este ano, a cargo da Biblioteca Municipal Dr. Estanco Louro, de São Brás de Alportel e decorre no dia 13 de março, às 13.00, no Cineteatro de São Brás. A sessão está aberta ao público a partir das 15.30.
 
Professora Ana Bela Conceição

sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

Dia Internacional dos Direitos Humanos - 2012

Na segunda-feira, dia 10 de dezembro, comemora-se em todo o mundo o Dia Internacional dos Direitos Humanos. Como é uma data que deve ser assinalada na comunidade escolar, a equipa da biblioteca vem por este meio propor que se aproveite a primeira hora da manhã desse dia (8h30 ou 9h15) com as turmas, para mostrar um pequeno vídeo que pode servir de mote para uma pequena reflexão sobre os direitos humanos nos nossos dias.
 

segunda-feira, 18 de junho de 2012

Feira do Livro - 2012

No dia em que o município de São Brás de Alportel completou o seu 98º aniversário, dia 1 de junho, o Jardim da Verbena abriu as portas à Feira do Livro de São Brás de Alportel, um encontro anual com os livros e a leitura, com autores, escritores, contadores de histórias e um sem fim de atividades para aprender a brincar!

Realizada entre 1 e 6 de junho, com horários diferenciados de 1 a 3 entre as 15h00 e as 22h30 e de 4 a 6 entre as 09h30 e as 17h00, esta nova edição da Feira do Livro de São Brás de Alportel apresentou vários livreiros e distribuidores das principais editoras nacionais de literatura com apetecíveis descontos para todas as idades, espaços de representação do Clube de Leitura e da Biblioteca Municipal, da Rede de Bibliotecas do Concelho; exposição e autógrafos de livros em lançamento; um Cantinho Verde dedicado a oficinas de educação ambiental, um Quiosque de Sabores recheado de deliciosas sugestões, entre muitas outras atividades de animação da leitura.

No dia 1 a Feira do Livro juntou-se à Festa da Criança, pelas 15h00 com o lançamento do livro “As Aventuras do galo Caju”, de autoria de Manuel Belchior. Para esta tarde dedicada aos mais pequeninos, as atividades brotaram no Jardim da Verbena com ateliês de pinturas faciais, reciclagem, pintura e colagem, cerâmica, um cantinho verde com divertidas oficinas alusivas ao Dia Mundial do Ambiente, um balcão informativo da Comissão de Proteção de Crianças e Jovens em Risco. A estas iniciativas juntou-se a diversão das Piscinas Municipais Descobertas que promoveram divertidos jogos aquáticos, tradicionais, integrando ainda o espaço Brincar com Saúde, da Fisio São Brás e Crescendo com Saúde, dinamizado pela Unidade de Cuidados na Comunidade UCC Al-Portellus. 
Este dia especialmente criado para os mais pequeninos reservou para as 20h00 a apresentação do “Romance depois dos 50 – Uma mulher que não desistiu do amor”, pela escritora Isabel Vila Pery e encerrou ao som de uma das maiores vozes do fado nacional, pelas 22h00, Carminho.

No segundo dia, a Feira do Livro teve como destaques as atividades do Cantinho Verde, o Jardim da Zezinha, entre as 17h00 e as 19h00, um espaço de venda de histórias…a preço de beijos docinhos. A animação prosseguiu a passo de dança, pelas 21h30, com a atuação do Clube de Danças da Escola Secundária João de Deus, de Faro e encerrou pelas 22h00 na companhia das estrelas, num divertido momento de Observação Astronómica.

Nos dias 4, 5 e 6 a X Maratona de Contos “As Histórias são como as cerejas” invadiu a Feira do Livro de São Brás de Alportel com histórias contadas e interpretadas por centenas de crianças das escolas do município. 





No dia 4, segunda-feira a escritora Rita Sobral marcou encontro com os leitores entre as 10h30 e as 11h30 para um momento de partilha de saberes, perspetivas e sonhos sobre o fascinante mundo da escrita e da leitura.
A animação prosseguiu pelas 14h00 com o Teatro do Gaspar que leva a palco divertidas histórias com corpo de fantoches…
No dia 5, terça-feira, entre as 10h30 e as 14h00, a animação da leitura contou com a presença de Sandro William Junqueira, reservando para as 15h30 a representação da peça “Enquanto a Cidade Dorme”, pelo Grupo de Teatro da Escola EB 2/3 Poeta Bernardo de Passos.

No último dia, dia 6, a Feira do Livro de São Brás de Alportel acolheu novamente o autor são-brasense Manuel Belchior para mais uma viagem na companhia das “Aventuras do Galo Caju”. No final da manhã, pelas 11h00, o Clube de Escrita Criativa de Faro desafiou a criatividade dos visitantes num encontro sobre o poder da palavra na criação de mundos fantásticos!

A Feira do Livro de São Brás de Alportel é uma iniciativa da Câmara Municipal de São Brás de Alportel, Agrupamento de Escolas José belchior Viegas e Rede de Bibliotecas do município, com a colaboração e apoio de diversas entidades que ano após ano unem esforços para diversificar a oferta de atividades e propostas de aprendizagem nesta Feira do Livro, que escreve todos os anos uma nova página na memória das crianças e de todos os visitantes.


Gabinete de Comunicação da CMSBA (adaptado)

quinta-feira, 3 de maio de 2012

Dia Mundial da Poesia

Um Livro é!
Um livro é
doce como uma franboesa
é uma caixa mágica
só de surpresas.

Um livro
parece mudo,
mas nele há gente
que descobre tudo.

Um livro
cheio de sonhos coloridos,
cheio de doces sortidos,
cheio de luzes e balões.

Um livro é uma floresta
com folhas e flores
e bichos de todas as cores.

É mesmo uma festa,
um navio pirata no mar,
um foguete perdino no ar,
é um amigo e um companheiro.

Autora: Daniela da Silva Bernardino
   4º Ano



A Minha Escola

Gosto de andar na escola
de saltar e de correr.
Mas quando entro na sala
Tudo o que quero é aprender.

A receita para um bom estudante
é ser humilde e saber respeitar
estes são os ingredientes
para um dia lá chegar.

Sou uma criança crescida
e também muito feliz
tenho muitos amigos
assim como eu sempre quis.

Gosto dos meus colegas
de uns menos e de outros mais
mas quando brinco com eles
para mim são todos iguais.

Foi nesta escola que aprendi
desde escrever até contar
mas tudo isto só foi possível
porque tenho uma professora espetacular.

Autora: Inês Sousa
  4º Ano


Eu, Catarina

Eu sou uma rapariga simpática
E também sou divertida,
Gosto muito de brincar
Mas não sou distraída.

Sou um pouco vaidosa
Mas também inteligente,
A minha mãe fica orgulhosa
O meu pai muito contente.

Na escola gosto de escrever
Cantar, desenhar
Sem esquecer de ler.

A dança é o meu mundo
O espetáculo vai começar
Serei eu já atriz, lá no fundo?

Autora: Catarina Martins da Rocha
               4º Ano







Páscoa

A Páscoa está a chegar
É bom saber
As férias vamos alcançar
E muito chocolate comer!

A Páscoa é alegria
As amêndoas vou comprar
Na Páscoa há magia
Jesus vai ressuscitar.

Na Páscoa estou de férias
Já posso descançar
São dias e dias
A comer e a falar.

A Páscoa é no domingo
Com a família vou estar
Neste dia estou sorrindo
Só me apetece cantar.

Na Páscoa há amigos
E também muita amizade
Não é época de inimigos
Mas de muita felicidade.

Autora: Sara da Silva Bernardino
              4º Ano

Amor!

Amor, amor
Meu querido amor,
És como uma flor
Da cor do meu calor!

Autora: Beatriz Bradão 
   4º Ano





Poema das Rosas

A minha mãe adora Rosas
e eu adoro Prosas.
Não há coisa melhor
que ter uma bela Rosa,
bem vermelha!
e lá dentro estar uma belha
que representa uma roseira.


Autora: Ana Beatriz Tomé
              4º Ano


quarta-feira, 21 de março de 2012

Poesia!

EB1/JI e EB1 Nº2

21 de Março

Dia Mundial da Poesia, comemorado em mais de cem países. O objetivo da celebração é promover, em todo o mundo, a leitura, a escrita, a publicação e o ensino da poesia.

Poesia
é brincar com as palavras
como se brinca
com bola, papagaio, pião
Só que
bola, papagaio, pião
de tanto brincar
se gastam
As palavras, não:
quanto mais se brinca
com elas
mais novas ficam.
Como a água do rio
que é água sempre nova.
Como cada dia
que é sempre um novo dia.
Vamos brincar de poesia?

José Paulo Paes


Convite

Brinca tu também!
Entrega na tua biblioteca um poema por ti inventado para comemorarmos este dia.

Março de 2012

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Bibliotecas Escolares festejam o Dia Mundial da Liberdade



As equipas das Bibliotecas Escolares da Escola Secundária José Belchior Viegas e da Escola Poeta Bernardo Passos dinamizaram, no dia 23 de Janeiro, várias atividades no âmbito da comemoração do Dia Mundial da Liberdade. Foram organizados jogos que visam o conhecimento de algumas das grandes personalidades da luta pela liberdade nos séculos XX e XXI e promoveram-se momentos de reflexão, dentro e fora da sala de aulas, sobre a liberdade nos nossos dias.

Um dos momentos que mais marcou este dia foi a palestra sobre A Primavera Árabe a cargo de André Ramos da Plataforma Euromed, que decorreu na Biblioteca da Escola Secundária e que procurou esclarecer os alunos do 11ºA sobre os acontecimentos políticos que dominam a atualidade no mundo. Os participantes mostraram-se interessados e ficaram a saber os diferentes motivos que levam os países árabes a lutar pela democracia e pela liberdade e de que modo essas lutas têm tido repercussões no resto do mundo.

quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

Afonso Dias

No passado dia 18 de janeiro recebemos o cantor, compositor e poeta Afonso Dias na nossa Biblioteca Escolar. Uma atividade destinada aos alunos das turmas dos 4º anos, das escolas EB1 nº2 e EB1/JI. Foi uma viagem por textos fantásticos da nossa Literatura Portuguesa.

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

http://www.diarionline.pt/noticia.php?refnoticia=121497#.TrHoSbBwpCA.facebook


Dia Internacional das Bibliotecas Escolares assinalado em S. Brás de Aportel durante 5 dias


“Conhecer e Explorar as Bibliotecas da Rede Concelhia” foi o desafio lançado para assinalar o Dia Internacional das Bibliotecas Escolares, pela autarquia de S. Brás de Alportel.

De acordo com uma comunicação da autarquia são-brasense, o Dia Internacional das Bibliotecas Escolares (dia 24) vai ser celebrado em São Brás de Alportel de 24 de Outubro a 3 de Novembro, com um conjunto de actividades e visitas estudantis por bibliotecas de diferentes entidades.

Criada com o objectivo de relembrar o importante papel que as bibliotecas escolares desempenham no acesso à informação, na promoção da leitura e da escrita, entre muitas outras actividades complementares às aprendizagens escolares de crianças e jovens, esta data, é este ano aproveitada para promover a Rede Concelhia de Bibliotecas de São Brás de Alportel, composta por mais de uma dezena de bibliotecas e centros documentais, assinalando-se esta importante data com o programa de acções “Conhecer e Explorar as Bibliotecas da Rede Concelhia através de Bibliopapers”.

Das muitas iniciativas ligadas a esta comemoração, destaque-se ainda o dia 3 de Novembro, especialmente dedicado às turmas de ensino especial que têm a oportunidade de visitar a Biblioteca Municipal e aprender mais sobre os diferentes espaços que a compõem, bem como aprender a pesquisar por temas ou nomes de autores ou livros.

Foram cindo dias de novas experiências entre os mundos dos livros para estimular, promover e patrocinar o desenvolvimento dos serviços de biblioteca, partilhando os seus recursos em benefício da comunidade local e em especial da formação de crianças e jovens.